Quem pisou neste tomate?

images4C2VK5VXE quem pisou no tomate foi…

O senador Humberto Costa (PE), líder do PT no Senado. O petista foi citado pelo delator e ex-diretor da Petrobras, Paulo Roberto Costa, como um dos beneficiados do esquema de corrupção na petrolífera, onde teria recebido R$ 1 milhão. Em resposta, o senador se mostrou bastante indignado com a acusação, onde colocou dados bancários à disposição da Justiça para investigação. O líder do PT só esqueceu que político “esperto” jamais depositaria dinheiro sujo em sua própria conta bancária, mas geralmente na de terceiros, como familiares ou laranjas. A indignação do senador com a acusação só colou no Conversa Afiada, de Paulo Henrique Amorim…

Continuar lendo

Quem será o candidato de Leda?

Vereador Marcus Vinicius (primeiro à esquerda) e o presidente da CMVG, Afrânio Pimentel. Reprodução

Vereador Marcus Vinicius (primeiro à esquerda) e o presidente da CMVG, Afrânio Pimentel. Reprodução

Por Fred Lima

Com a vitória de Leda Borges (PSDB-GO) como deputada estadual, o presidente da Câmara Legislativa de Valparaíso de Goiás, Afrânio Pimentel (PR), e o vereador Marcus Vinicius Mendes Ferreira (PTdoB), já começaram a articular nos bastidores para um ser escolhido candidato da base de Leda à prefeitura de Valparaíso, em 2016.

Leda ainda poderá decidir disputar a prefeitura daqui 2 anos, mas caso não saia candidata a tendência é apoiar um dos dois nomes.

Da Redação

Confira a composição da Assembleia Legislativa de Goiás

assembleia.jpg (520×227)

PSDB tem a maior bancada, com sete deputados estaduais eleitos.
Vinte parlamentares que cumprem mandato foram reeleitos.

Os eleitores goianos definiram, na eleição deste domingo (5), os 41 deputados estaduais que vão compor a Assembleia Legislativa de Goiás no próximo ano. O PSDB tem a maior bancada, com sete componentes, seguido pelo PMDB e PSD, ambos com 5 (confira a apuração completa).

Vinte parlamentares que cumprem mandato foram reeleitos: Paulo Cezar Martins (PMDB), Lincoln Tejota (PSD), José Vitti (PSDB), Henrique Arantes (PTB), Bruno Peixoto (PMDB), Iso Moreira (PSDB), Talles Barreto (PTB), Cláudio Meirelles (PR), Álvaro Guimarães (PR), Valcenor Braz (PTB), Helio de Sousa (DEM), Marlucio Pereira  (PTB), Nédio Leite (PSDB), Francisco Júnior (PSD), Humberto Aidar (PT), Carlos Antônio (SDD), Major Araújo (PRP), Simeyzon Silveira (PSC), Luís César Bueno (PT) e Isaura Lemos (PCdoB).

A Assembleia Legislativa de Goiás recebe 21 novos parlamentares: Mané de Oliveira (PSDB), Delegada Adriana Accorsi (PT), Virmondes Cruvinel (PSD), Marquinho do Privê (PSDB), Zé Antônio (PTB), Adib Elias (PMDB), Jean (PHS), Gustavo Sebba (PSDB), Leda Borges (PSDB), Diego Sorgatto (PSD), Lissauer Vieira (PSD), Jose Nelto (PMDB), Ernesto Roller (PMDB), Francisco Oliveira (PHS), Renato de Castro (PT), Dr. Antonio (PDT), Eliane Pinheiro (PMN), Charles Bento (PRTB), Santana (PSL), Lucas Calil (PSL) e Sergio Bravo (PROS).

Confira abaixo a lista dos eleitos:

Mané de Oliveira (PSDB) – 62.655 votos
Paulo Cezar Martins (PMDB) – 54.629 votos
Lincoln Tejota (PSD) – 45.091 votos
José Vitti (PSDB) – 43.867 votos
Delegada Adriana Accorsi (PT) – 43.424 votos
Henrique Arantes (PTB) – 42.414 votos
Bruno Peixoto (PMDB) – 37.826 votos
Virmondes Cruvinel (PSD) – 37.655 votos
Iso Moreira (PSDB) – 37.430 votos
Marquinho do Privê (PSDB) – 37.273 votos
Zé Antônio (PTB) – 37.061 votos
Adib Elias (PMDB) – 36.732 votos
Talles Barreto (PTB) – 36.176 votos
Cláudio Meirelles (PR) – 36.037 votos
Álvaro Guimarães (PR) – 35.660 votos
Jean (PHS) – 34.872 votos
Valcenor Braz (PTB) – 34.771 votos
Gustavo Sebba (PSDB) – 33.760 votos
Leda Borges (PSDB) – 32.217 votos
Diego Sorgatto (PSD) – 32.162 votos
Helio de Sousa (DEM) – 31.137 votos
Marlucio Pereira  (PTB) – 30.957 votos
Nédio Leite (PSDB) – 29.900 votos
Francisco Júnior (PSD) – 29.718 votos
Lissauer Vieira (PSD) – 29.676 votos
Humberto Aidar (PT) – 28.375 votos
Carlos Antônio (SDD) – 28.042 votos
Jose Nelto (PMDB) – 27.715 votos
Ernesto Roller (PMDB) – 24.975 votos
Francisco Oliveira (PHS) –  24.889 votos
Renato de Castro (PT) – 23.219 votos
Major Araújo (PRP) – 21.528 votos
Dr. Antonio (PDT) – 21.155 votos
Simeyzon Silveira (PSC) – 20.472 votos
Luís César Bueno (PT) – 20.290 votos
Eliane Pinheiro (PMN) – 19.778 votos
Charles Bento (PRTB) – 19.429 votos
Lucas Calil (PSL) – 18.128 votos
Isaura Lemos (PCdoB) – 17.701 votos
Santana (PSL) – 12.674 votos
Sergio Bravo (PROS) – 8.607 votos

Fonte: G1

Arquirrivais se enfrentam nas urnas

Reprodução

Reprodução

Por Fred Lima

De um lado Hugo Bites (PT-GO), que representa o poder político da família Bites em Valparaíso de Goiás-GO, onde a atual prefeita, professora Lucimar (PT), é casada com Berilo Leão, que é tio de Hugo. Hugo também é sobrinho do vereador Antônio Bites (PT-GO). Do outro lado Lêda Borges (PSDB-GO), ex-prefeita de Valparaíso, que tenta agora chegar à Assembleia Legislativa do Estado de Goiás, assim como Hugo.

Apesar de não ter sido reeleita em 2012, Lêda ainda tem um capital político forte na cidade, e sua gestão sempre é comparada com a de Lucimar por seus simpatizantes.

Já Hugo é estreante na política valparaisense, mas tem carisma e é muito conhecido na cidade.

A disputa política entre Lêda e Hugo promete ser uma prévia da eleição para prefeito em 2016, caso a tucana não se eleja deputada estadual por Goiás.

Ao que tudo indica, Lêda tentará voltar à prefeitura em 2016, com chances reais de vencer Lucimar, que deve tentar a reeleição.

Da Redação