Lucimar copia Agnelo?

A prefeita de Valparaíso, professora Lucimar, e o governador do DF, Agnelo Queiroz. Reprodução

A prefeita de Valparaíso, professora Lucimar, e o governador do DF, Agnelo Queiroz. Reprodução

Por Fred Lima

Após a derrota vergonhosa do governador do DF Agnelo Queiroz (PT), muitos cidadãos valparaisenses não perderam a chance de comparar o governador derrotado da Capital Federal com a prefeita de Valparaíso de Goiás, professora Lucimar, do mesmo partido.

A gestão de Lucimar, assim como a de Agnelo, prometeu uma revolução nas áreas de saúde e educação. No entanto, até agora, a prefeita não conseguiu realizar tal feito, focando sua administração na construção de obras, como fez Agnelo.

O blog já apurou que falta até medicamentos e materiais garantidos por lei para diabéticos na Farmácia Central, setor responsável pela distribuição no município.

Se continuar assim, o efeito Agnelo pode abater Lucimar na eleição para prefeito daqui 2 anos.

Da Redação

Não colou

Hugo Bites. Reprodução

Hugo Bites. Reprodução

Por Fred Lima

O blog obteve informações que a candidatura do estreante Hugo Bites (PT-GO) a deputado estadual foi com o intuito de medir sua popularidade para 2016. Caso Hugo tivesse uma boa votação poderia ser o candidato a suceder a atual prefeita de Valparaíso de Goiás-GO, professora Lucimar (PT), casada com o tio do candidato.

Como Hugo ficou na 216ª posição, o jeito agora é Lucimar sair candidata à reeleição ou procurar outro sucessor.

Da Redação

Quem será o candidato de Leda?

Vereador Marcus Vinicius (primeiro à esquerda) e o presidente da CMVG, Afrânio Pimentel. Reprodução

Vereador Marcus Vinicius (primeiro à esquerda) e o presidente da CMVG, Afrânio Pimentel. Reprodução

Por Fred Lima

Com a vitória de Leda Borges (PSDB-GO) como deputada estadual, o presidente da Câmara Legislativa de Valparaíso de Goiás, Afrânio Pimentel (PR), e o vereador Marcus Vinicius Mendes Ferreira (PTdoB), já começaram a articular nos bastidores para um ser escolhido candidato da base de Leda à prefeitura de Valparaíso, em 2016.

Leda ainda poderá decidir disputar a prefeitura daqui 2 anos, mas caso não saia candidata a tendência é apoiar um dos dois nomes.

Da Redação